sábado, 24 de março de 2012

                 O Empinador de Estrelas
Autor : Lourenço Diaféria
  Sinopse do Livro

O Empinador de Estrela 
Um dia um belo menino adorava a conhecer as curiosidades de animais e insetos como a largatixa e a formiga mas enquanto ele brincava ele escutou algo de sua mãe conversando seriamente com o seu pai ela estava chamando ele para ir ão médico pois se não ele poderia vir a falecer.Então no começo do ano o garoto compareceu à escola conhecendo novas professoras entre elas dona  Furquim, mas aconteceu uma tragédia o pai do garoto falhe-seu com isso o garoto começou a se expressar com as estrelas assim substituindo a falta do pai que na verdade era as estrelas e eles fiveram felizes para sempre. 



 Autor

Lourenço Carlos Diaféria (São Paulo28 de agosto de 1933 — São Paulo16 de setembro de 2008) foi um contistacronista e jornalistabrasileiro.

[editar]Biografia e carreira

Nasceu em 28 de agosto de 1933 em um bairro de São Paulo e morreu no começo do ano de 2008 aos 75 anos.

Sua carreira jornalística começou em 1956 na Folha da Manhã, atual Folha de S.Paulo. Como cronista o início foi mais tardio, em 1964, quando escreveu seu primeiro texto assinado.
Permaneceu no periódico paulista até 1977, quando foi preso pelo regime militar devido ao conteúdo da crônica Herói. Morto. Nós., considerada ofensiva às Forças Armadas.[1]
crônica comentava o heroísmo do sargento Sílvio Delmar Hollenbach, que pulou em um poço de ariranhas no zoológico de Brasília para salvar um menino. A criança se salvou, mas o militar morreu, vencido pela voracidade dos animais.
A crônica também citava o duque de Caxias, o patrono do Exército, lembrando o estado de abandono de sua estátua no centro da capital de São Paulo, próximo à Estação da Luz.
Diaféria contratou o criminalista Leonardo Frankenthal e foi considerado inocente em 1979. Durante algumas semanas, a Folha deixou em branco o espaço destinado ao colunista, em repúdio à sua prisão.
Depois da Folha, levou suas crônicas para o Jornal da Tarde, o Diário Popular e o Diário do Grande ABC, além de quatro emissoras de rádio e a Rede Globo.[2]
Católico, escreveu A Caminhada da Luz, livro sobre dom Paulo Evaristo Arns, a quem admirava. Outra "religião" era o futebol: muitas de suas crônicas falavam desse esporte — e de seu time, oCorinthians.[2]
Desde o início de 2008 Diaféria enfrentava problemas no coração, até que um infarto o levou, aos 75 anos, deixando viúva (Geíza), cinco filhos e três netos.[2]
Palavras Estranhas
Caçoar : zombar
Rebocar: cobrir
Emendar: corrigir
Tropelia: tumulto
Recear: suspeitar
Bulícioagitação
Estropiado: mutilado
Fragor : ruido estrondoso
Arreliar: aborecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário